terça-feira, 3 de abril de 2018

Desafio Andino - Dia 03 de abril de 2018 - Foz do Iguaçu-San Ignácio Mini


Grande expectativa no grupo para esse primeiro deslocamento com 15 carros. Café da manhã cedo no Vivaz Cataratas. Hotel com boas instalações mas alguns problemas na estrutura do atendimento. Na média geral pelas informações colhidas com o pessoal que por lá ficou mais tempo foi tido satisfatório.
Cambio feito rapidamente pouco antes de cruzar a fronteira e já estamos prontos para os procedimentos burocráticos que foram..................muito simples. Excetuando o Ilhan e Guliz que tiveram que dar saída do Brasil os demais foram diretos as cabines de atendimento e sem sair do carros apresentaram a documentação pessoal e logo foram liberados, uma segunda cabine para liberação do veiculo e feita a pergunta de praxe: Para onde vai? Resposta padrão:Estou com um grupo do Rio de Janeiro com 15 carros e vamos para blá blá blá. Resposta. Pode seguir. Paramos próximo a um casino para esperar todos e rapidamente o comboio estava formado.
Seguimos pela Ruta 12, bem pavimentada e sinalizada com o comboio atento aos limites de velocidade e poucos quilômetros depois passamos pela primeiro controle sem ser incomodados, já no segundo tive que parar e explicar o que fazíamos pois o policial achava que iríamos para alguma corrida. Perguntou também se todos eram da Marinha e pediu para tirar todos os carros da pista para poder saber mais sem atrapalhar o tráfego na estrada. Explicações dadas todos liberados de volta a pista.
O Ricardo não tinha abastecido o carro em Foz do Iguaçu e pediu para dar uma parada, já tinha gente precisando do pipi stop e logo no primeiro posto (Shell) paramos. Pipi stop ok mas abastecimento não realizado pois não tinha S10 no posto. Prosseguimos então para Eldorado onde estava planejada uma parada e ele aproveitou para abastecer. No trecho até Eldorado existe bem próximo da cidade um pedágio de 30 ARS(pesos). Passamos também por um radar instalado em uma Kangoo que não sei bem se pegou alguém. Vamos saber na chegada a Niterói.
Proseguimos sem maiores sobressaltos até San Ignácio Mini, local de uma das reduções jesuíticas bem conservadas, patrimônio mundial pela UNESCO. Nos instalamos no Porta do Sol Hotel, bem simples e fomos almoçar para depois ir fazer a visita ao sítio arqueológico.
A noite uma bela e diferente apresentação de som e luzes nas ruínas fechou a programação do dia.
Andamos cerca de 250 km no dia, chegando ates das 14:00 na cidade. O pessoal aproveitou para experimentar muitas Quilmes e colocar o papo em dia aproveitando a calçada do hotel, transformada momentaneamente como sede do Niterói Jeep Clube.



















5 comentários:

  1. Muito bom!
    A foto oficial ficou Show!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valéria e Orlando4 de abril de 2018 13:58

      Gostaríamos de estar junto!
      A cada narrativa nos vejo participando com vocês.
      Estaremos juntos na próxima!

      Excluir
  2. Parabéns amigos pelo dia do jipeiro 4/4!

    ResponderExcluir